Colunistas

Quinzenalmente teremos dois colunistas aqui no Blog.

     Tiago Henrique, estutante de Letras, poeta e compositor,  irá falar de Musica Popular, a dimensão das músicas do dia a dia, músicas que contam o nosso cotidiano a nosssa História. Não se esqueça todo dia de 05 e 20 de cada mês em ” coluna popular” 

     Marilza Bonifacio, formada em Pedágogia, participa do grupo de jovens JESUS e  irá falar de Musica Pastoral, as dimensões das música usadas no grupo de jovens, oficio divino e liturgia, espero que todos gostem do aqui será dito. Confira em coluna pastoral  

Seria bom também que vocês possam comentar as colunas para construirmos juntos.

Oficio Divino da Juventude

Oficio Divino da Juventude

   Há algum tempo a juventude do Brasil foi regalada com a possibilidade de ter em mãos um importante instrumento de oração: o Ofício Divino da Juventude – ODJ. Iniciativa de muitas mãos e corações, sonhada e realizada, o ODJ quer ser uma tradução, para uma linguagem jovem, da oração das horas da Igreja, a partir do belo trabalho feito na construção do Ofício Divino das Comunidades.

     O ODJ é uma forma de rezar a partir da realidade concreta das diversas realidades da juventude contemplada e lida como realidade divina e teológica. O uso deste Ofício permite certa liberdade na preparação, mas, ao mesmo tempo, traz em seu conteúdo, propostas de orações de acordo com as horas do dia, como fazia e rezava o povo de Deus e como os primeiros Cristãos celebravam o Deus da Vida.

O SUBSIDIO MUSICAL

 Para um melhor uso e aprofundamento deste modo de rezar, próprio da juventude, foi elaborado, em 2006, um roteiro de capacitação, acompanhado por um CD com os salmos e os cantos de abertura presentes no ODJ. Foi, sem dúvida, uma iniciativa importante e acessível que ajuda a manusear com mais consciência e segurança esse instrumento de trabalho e oração.

Mesmo assim, percebemos que muitos e muitas jovens ainda parecem não ter descoberto o ODJ como hábito de oração e ferramenta própria da sua identidade. Por algum tempo imaginamos que, dentre os motivos do não-uso, estaria a falta de possibilidade e o acesso ao livro, mas, aos poucos, fomos enxergando que o real motivo de muitos e muitas jovens não usarem o ODJ era de um parcial desconhecimento dos cantos nele contidos, elemento tão importante para sua assimilação habitual. 

Nesse sentido, nasceu a idéia do presente subsídio que, agora, colocamos em suas mãos. É uma apostila com os cantos cifrados do ODJ. Ela quer suprir uma necessidade de método e de formação acerca dos cantos e, por isso, vem acompanhado de um roteiro de capacitação para um fim de semana, refletindo sobre os tipos de cantos do ODJ, técnica vocal e um momento de partilha e formação musical. Tivemos, também, o cuidado de recolher grande parte das gravações destes cantos em CD – o que poderia ajudar mais ainda.

                                                                           José Wilson 

___________________________________________________

AS MÚSICAS E O SUBSIDIO MUSICAL PODEM SER BAIXADAS 

AQUI NO BLOG, O LIVRO DE ORAÇÕES PODE SER COMPRADO

NOS CENTROS E INSTITUDOS DE JUVENTUDE OU PELO LINK

http://www.ccj.org.br/site/livraria.php

 

Musica Pastoral e Popular

Música Pastoral e Música Popular

   A música em geral é uma arte imprencídivel á cultura humana, uma forma de expressão que mais tardar é reconhecida como arte.

   A música passa aos longos dos anos a ser estudada, e a princípio é apresentada apenas por pessoas da alta classe a que se dedicasse a estuda – lá. Hoje a música é dividida em várias categorias, sendo que cada uma delas, representa uma realidade diversa, público distinto, jeitos de ver a vida e de vivencia-lás de forma própria, as letras passam a ter fundamento histórico, rostos.

   Falar de música é representar sem muitas palavras as emoções, é vida, dinâmica entre aquele que compõe o que escuta e os que utilizam dela como base, parceira de sustentação de uma idéia, um pensamento ou mesmo de um desabafo qualquer.

Marilza Bonifacio

 

 

“As músicas que mais gosto são as que possibilitam a memória do tempo já vivido! Recordam minha infância, minha feliz juventude e me preparam para a vida adulta que já vem chegando com o passar dos anos. Faço 30 anos de vida daqui a um mês. Nestes anos todos, a música foi e é presença marcante. Ela mexe com as emoções, sentimentos, saudades; ela vai ao mais profundo do ser,transcende a imaginação, o sentido de tempo, espaço, torna a vida mais vivida!

 

Pe. Gisley Azevedo Gomes

  • dezembro 2009
    S T Q Q S S D
        jan »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031  
  • Fan Page

  • CLICK

    • 221,678 acessos
  • Map